É preciso discutir a relação?