Bruxelas saúda 'papel crucial' das mulheres na Tunísia e Egito