Se você ainda acredita que “o amor não vê cor” me desculpe: ele vê sim